• Magia no Rio

    Olá a todos,

    Escrever quando viajo é uma das coisas que mais gosto de fazer, e desde que cheguei ao Rio de Janeiro para 10 diazinhos de férias que estava com vontade disso. A verdade é que as quentes noites do Rio regadas com Chopp gelado,  amigos e muita música não me deixaram muito tempo para partilhar nem aqui, nem no Facebook!

    Têm sido momentos brutalíssimos vividos por cá a partir do Leblon, o nosso “acampamento base” situado  a uns miseráveis 300 metros da praia, habitado há já alguns meses pelo Paiva e pela Paula, os novos Cariocas Lisboetas cá do sítio e que nos dão excelente guarida para estas férias!

    Os pontos mais turísticos do Rio estão a ser feitos a passo, sem grandes pressas, a aproveitar cada momento e sem dramas ou stresses, mas aquilo que me leva a escrever desde já foi uma das mais incríveis noites vividas por cá… SAMBA!

    Passou-se tudo no clube Renascença, bairro de Andarai, perto do estádio do Maracaná, onde o Bessa (amigo de Paiva e Paula) nos tinha avisado que haveria Samba de Raíz, mais especificamente, a roda de samba “Samba do Trabalhador”… O Paiva sabia que nós íamos gostar, mas sinceramente não estava preparado para sentir tanta alma Brasileira em meras 4 horinhas.

    A lotação daquela espécie de clube, associação desportiva e cultural estava prevista para 1000 pessoas, mas tenho muitas dúvidas que essa lotação não tenha sido ultrapassada naquela Segunda-Feira! Estava completamente à pinha, cheia de gente boa, gente Brasileira que adora e vive o Samba tal como em certa parte nós vivemos o fado, mas com uma ligeira diferença, é que este Samba é mais cantado, é mais mexido, é mais público e menos intérprete…É simplesmente incrível a vibração que se cria, com os instrumentos típicos, com as vozes, a dança, os sorrisos.

    Saímos de lá inchados por conseguir dizer que vivemos aquele momento, e voltava lá…já!

    YouTube Preview Image

    Bjs e abraços,

    Luís M.

    Share Button
  • Portugal, siga!!

    Olá amigos!!

    E assim se passou um mês de férias simplesmente brutal!

    Amanhã regresso a Lisboa, com um sonho concretizado, mas com bastantes saudades de casa, do novo sofá que nem consegui aproveitar, da família que deve estar morta por ver as fotos e os vídeos, de todos os amigos, e claro da minha Mari!

    Vai ser o dia todo a viajar e na verdade só chego Domingo mesmo… Floripa – S. Paulo e S. Paulo – Lisboa!

    Bjs, abraços e até já,

    LM

     

     

     

    Share Button
  • Barra da Lagoa

    Olá meus caros,

    Esta é provavelmente a minha viagem de maiores contrastes! Ainda há uns dias estava a vestir uma bruta Parka, luvas e gorro, e hoje andei de chinelo no pé e de calçonito!

    Eu sou um homem da montanha, do frio e da neve, mas pronto, admito que às vezes umas idas à praia não me façam nada mal…não fosse eu um branquela de todo o tamanho! Sendo assim, hoje resolvi ir tomar umas belas banhocas, e escolhi a praia da barra da Lagoa, em Florianópolis!

    E não é que foi um espectáculo ? Água quentinha, ondas, suco de abacaxi, as famosas empadas de frango com catupiry, e claro está, o sol habitual do Brasil! Preferia ter a bela companhia da minha Mari que para Sol abrasador e praia está sempre pronta, mas fica prometido que em breve cá estaremos!eheheh

    image007.jpg

    image008.jpg

    image018.jpg

    image025.jpg

    image002.jpg

    Para o jantar, a minha caríssima amiga Dani (está a dar-me guarida em Floripa!!!) levou-me a um Churrasquinho com os óbvios Chopps Brahma e neste momento estamos a rir a ver o BBB 10!! Big Brother Brasil 10…Aqui vai no 10!!!!lol

    image006.jpg

    Ah que se vive bem por cá!!

    Bjs e abraços,

    Luís M.

    Share Button
  • E aí meu chapa!

    Olá a todos!

    Regressei ao estounanet :)

    Eu sei que estão ávidos por notícias, e também sei que muitos de vocês estão baralhados! Eheheh!!

    – Então o Luís voltou na sexta-feira passada e nem um postzito desde que chegou da viagem à região Antárctica ? Mas que raio é isto ?!?!

    Venho por este meio clarificar todas estas dúvidas! É que no passado sábado, o Marco, o António e Paulinho partiram de Buenos Aires para Lisboa, só que eu, que para laurear a pevide estou normalmente pronto, continuei a minha viagem mais uma semaninha! Desta feita, meti-me num avião e vim para Porto Alegre, Brasill!

    Para quem não sabe, eu em 2004 vivi em Porto Alegre um dos mais intensos anos da minha vida. Na verdade foram só 9 meses, mas pareceram anos! Foi ao abrigo do programa Contacto, do ICEP, e esses 9 meses fiz por cá grandes amigos. Ora como promessa de regressar é promessa, e como já tinha regressado à Sérvia e a Bruxelas, nada melhor do que aproveitar esta viagem ao SUL para rever os amigos!…

    Fiquei em cada do Abílio, da Vanessa e da sua pequenina filha Sofia, e foi simplesmente espectacular! Churrasquinho gaúcho, muita festa, muita cerveja gelada, muito riso e acima de tudo rever pessoas que me dizem muito e com as quais mantenho uma fantástica relação de amizade e carinho. Aproveitei para descansar, para rever a cidade, ir para o Centro, sentir o povo, a massa humana e estoirar o normal dinheiro em DVDS de música Brasileira!lol!

    O meu grande amigo Anderson, o Assador de serviço!

    DSC05510.jpg

    DSC05503.jpg

    Fiquei de sexta até quarta-feira a aproveitar os húmidos 28/29 graus e neste momento estou no autocarro a chegar a Florianópolis, uma ilha no estado de Santa Catarina com 52 praias onde vou aproveitar para tomar belas banhoca e claro está, rever mais uns amigos!

    É sem dúvida um périplo por antigas amizades! E mesmo assim não vou conseguir estar com todas as pessoas que queria… há rumos diferentes, cidades diferentes, num país brutal mas muiiito grande!

    O dia do churrasco em casa do Abílio e da Vanessa!

    DSC05514.jpg

    Até amanhã,

    Bjs e abraços,

    Luís M.

    Share Button
  • Florianópolis – Que vida tão chata

    YouTube Preview Image

    Share Button
  • Uma semana típica em POA!

    Tal como em Portugal, a minha semana começa na Segunda-Feira!!eheheh
    Por volta das 7:45 acordo, tomo uma banhoca (sim, tomo banho todos os dias!!!, arrumo as tralhas, desço pelo elevador até á garagem, meto-me no TugaMóvel e sigo para a HP que fica situada no Campus tecnológico da PUC, mais precisamente na grande Av. Ipiranga!! Felizmente o estacionamento é pago pela HP e pelas 8:30 entro no edifício propriamente ditoJ!!! Se conseguir chegar até às 9 da manhã tenho sandocas mistas na cozinha, mas se não conseguir e me atrasar não mamo pequeno-almoço a patos!!!lol!
    Depois trabalhinho e ao meio-dia é hora de almoçar no RU (Restaurante Universitário), dentro do campus da PUC. Os meus colegas adoram um cafezinho depois do almoço e como temos 1h e meia de almoço vamos sempre bater um “papo” para o café!
    Pelas 13:30 volto para o trabalho até ás 18:00! Normalmente fico mais um bocadinho no MSN ou no SKYPE com os amigos ou namorada na conversa, ou simplesmente a ouvir a Best Rock, Mega ou TSF!Tudo na net claroJÀ noite apenas como umas sandocas pois como jogo futebol ás 21:00 lá ao pé da minha casa, na “Plínio Brasil Milano”(2 min) não convém. O João vem cá ter ás 20:45, mete o carro na minha garagem com uns truques e manobras e lá vamos nós!
    Depois da bola, ler um bocadinho e dormir lá para a meia noite e meia!

    Terça-Feira:  A rotina é parecida com o dia anterior, mas jogo futebol com o pessoal da HP ao Meio-Dia antes do almoço! À noite é dia de ir beber um copo ou de ir a um cinema/teatro, mas normalmente volto cedo para casa.

    Quarta-Feira: Imaginem só..tudo igual, mas à noite é dia de futebol na Ramiro Barcelos. Volto para casa por volta das 21:00 e é directo pó sofá amarelo descansar!!eheheh

    Quinta-Feira: A rotina é igual, mas a noite é normalmente noite de janta com o João, copos, Bowling ou Cinema!Arranja-se sempre qualquer coisinha!eheheh!

    Sexta-feira: Same old routine, mas jogo Volei ao meio-dia com pessoal da HP. À noite janto com o João e vamos em seguida para o “OSSIP” (bar na Cidade baixa) ter com pessoal amigo!

    Sábado: Se não fôr viajar levanto-me pelas 11:30 e vou jogar futebol ao meio-dia para a casa de Portugal!!Futebol de 7! À tarde passear pelos parques de POA e à noite a bela da pizza! Para onde vou depois depende de vários factores mas normalmente a noite aos Sábados em POA não é tão forte como lá em Portugal..

    Domingo: O Domingo de manhã é para dormir e o churrasco ao almoço é sagrado!!À tarde ou vamos para o parcão, ou para a redenção apanhar sol e passear!! Se estiver a chover fico em casa ou enfio-me num centro Comercial a gastar dinheiro em livrarias ou lojas de música!! A noite é bem fixe no Café do Lago, um cafézito/bar dentro do parque com música MPB (Sambinha, Chorinho, Bossa Nova às vezes…) ao vivo. Bem cool!
    Apesar de tudo normalmente viajo aos fins de semana!!!eheheh!!FELIZMENTE!!!

    Pode parecer um pouco repetitiva a semana mas para quem trabalha sem férias no brasil, acreditem que se aproveita muto!!!
    São sempre muitas coisas para fazer e nunca se torna monótono!!Felizmente!!

    É brutal!!!

    PS: Quando escrevi este texto ainda não tinha partido o dedo grande do pé direito:(precisamente a jogar futebol numa Quarta-feira à noite..por isso ainda não inventei o que vou fazer nas horas em que normalmente faço desporto!!Estou a pensar dedicar-me á Culinária!!Ontem experimentei uma carninha assada com batatas…(bem boa) Hoje vou tentar uns crepes, receita do Ró!!Grande amigo!!Depois conto como correu:)lol

    Share Button
  • Como identificar um Portoalegrense

    1. Divide o domingo entre antes e depois da “passadinha no Brique” ou no “Parcão”.

    2. A partir de julho, o Porto-alegrense pára de comprar livros para aproveitar os descontos  os balaios da Feira do Livro.

    3. Odeia o muro da Mauá.

    4. Fala mal das praias gaúchas, mas nunca recusa convite para passar o fim de semana em Imbé ou Atlântida.

    5. Desfila, em qualquer rua de qualquer cidade, com cuia e garrafa térmica como se fosse coisa “trinormal”.

    6. Ama ou odeia o PT. Não tem meio termo.

    7. Acredita que a última batalha não será entre o bem e o mal ou entre a luz e as trevas, mas entre gremistas e colorados.

    8. Em uma tarde consegue mostrar todos os pontos turísticos da cidade aos amigos que vêm de fora.

    9. Acha que Porto Alegre tem quase todos os defeitos de uma cidade grande e mais algumas desvantagens de uma cidade pequena, mas parte para a briga com qualquer estrangeiro que ouse dizer uma “barbaridade” dessas.

    10. Acredita piamente que existe uma comprovação científica para o fato de o pôr-do-sol no Guaíba ser o mais bonito no planeta. Talvez pelo fato do paralelo trinta passar na Rua da República…

    11. Chama o carinha ali de “bagaceiro”; come “negrinho” e ” branquinho” e ainda compra “cacetinho”!

    12. Diminiu metade das palavras e nem se dá mais conta disso: ” Findi”, “Churras”, “Super”, “níver”, “refri”, “ceva” (essa tem o sinônimo “cerva”, também)…

    13. Quando quer dizer sim, diz “ã rã”, com um jeito típico de Porto.

    14. Ama Porto Alegre!

    O Porto-alegrês é uma das línguas mais difíceis do “Ocidente” (que não é o hemisfério, e sim um bar em Porto Alegre).

    Para começar, só existe uma interjeição: “báh!” – que é usada em mais ou menos 462 situações diferentes.

    Prá complicar, “bah!” tem, também, 497 entonações diferentes: pode ir de um simples “beh!”, até um complicado, “pãh!” dependendo do que tu queres dizer.

    E tem também as gírias. Porto Alegre é equipada com mais ou menos 15 fábricas de gírias funcionando sem parar. Algumas chegam até a ser exportadas: “viajar na maionese” e “pirar na batatinha”, que agora estão na moda no Rio, são faladas há anos, ou em Porto Alegrês, “há horas”, que pode ser “há uma data” ou “há uma cara”, como em outros lugares.

    Outras expressões cruzam a fronteira, mas nunca chegam a ser compreendidas. “Deu prá ti”, por exemplo, que é o nome de uma música que fez o maior sucesso no Brasil inteiro. Talvez porque pensaram que “deu prá ti” fosse uma sacanagem quando na verdade só queria dizer “chega!”.

    Também tem o “trilegal”, “há horas ninguém fala trilegal” em Porto Alegre. Se fala “tribom”, “triquente”, “triafim”, “trigente”, “trijóia”, “triafu”(muito usado), “tri” o que tu quiseres.

    Mas nada é mais porto alegrense quanto falar: “tu vai ir?”, que muitas vezes fica “tu vai i?”, com o “i” bem pronunciado e longo…

    Repita agora, com sotaque: “Báh, mas tu vai i? Bah, mas se tu for, eu também vou i”.

    É, aqui é o único lugar do mundo onde a gente lava “Os pé” e lava “as mão”.

    E “deu pra ti, viu guri”!

    Nâo há nada melhor do que poder dizer: “Báh, eu sou de Porto”… com sotaque mais cantado possível… e a cara mais orgulhosa do mundo!

    Porto Alegre é TRILEGAL!!!!

    ..e “sirvam nossas façanhas de modelo à toda terra!”…

     

    Share Button