Nocturnes 2007

Bruxelas tem destas coisas 🙂

Há uma iniciativa todos os anos por cá chamada Nocturnes cujo principal objectivo é chamar pessoas a museus, mas durante a noite…

header.jpg

Desta forma eles abrem os museus das 18 às 22:00 e metem os preços a valores insignificantes como 1€!

Confesso que fui a poucos museus em Bruxelas (casa de Victor Horta e Bozar)… Acho que algo tem mesmo de me seduzir para me meter lá… No caso do Victor Horta foi uma paixão transmitida, no caso do BOZAR foi a fotografia (que eu adoro)!

Mas hoje vou por outras curiosidades…a bela cerveja belga e as grandes batalhas napoleónicas!!

Schaerbeek Museum of Beer (yo ai bebido tudooooooooooo)
Wellington Museum (Adios Napoleon…)

bjs e abraços

LM

PS: Fotos boas mesmo boas?!?!Querem!??!?!………………amanhã 🙂

Share Button

There are 6 comments left Go To Comment

  1. Nocas /

    Os nocturnos é uma iniciativa fantástica. Em 2005 papei os museus quase todos! 🙂 E valeu bem a pena!

  2. João /

    Andas ca com umas piadas tu!! Viva o SLB e o Meu Mano!!

  3. Filipe /

    Olá. Vou estar 2 dias em bruxelas. (Pouco tempo!) O que recomendas que visite? (Vou ficar no Hampshire Hotel. É perto do centro não é?) Obrigado

  4. LM /

    Alô Filipe.
    Esse hotel onde vais ficar, estive a ver e não é bem bem no centro… É mais perto da Gare do nord, que não é assim a zona mais bonita de bruxelas:) Ainda tens de andar cerca de 10 minutos a pé até chegar ao centro, ou apanhas uma 2 estações de metro…Nada de especial!

    Em Bruxelas, o meu conselho é que te percas pelo Centro…não é muito grande e vale mesmo a pena:

    Tour 1.
    A inevitável Grand Place com todas as pracinhas e ruas que a circundam /(galerias st. hubert, o puto que mija, a rua dos gregos, os bares antigos, chocolatarias, waffles, etc..), depois tens o palácio da Bolsa, e atravessando a grande avenida chegas a St. Géry (vida nocturna, bares, restaurantes). À direita ficas com a Place St. Catherine cheia de restaurantes e uma bonita igreja.

    Tour2.
    Av. Louise (rua tipo av. liberdade cheia de lojas, de casas de arte NOVA construidas por Victor Horta e outros, Rue Baili e Praça Chatelain (mais vida nocturna e muita vida durante o dia pois são ruas cheias de comércio tradicional). Igreja Trinité e museu Victor Horta. Continuas em frente pela rua e chegas ao palácio da justiça, desces o elevador em frente (grátis) e chegas à Rue haute, uma rua cheia de lojas de design e casas típicamente Flemish. Viras á direita e segues em direcção à praça do SABLON que tem uma igreja fantástica e os famosos chocolates Pierre Marcolini. Sobe o Sablon para a direita e chegas a uma rua com um tram e ao jardim das estátuas. Vira à esquerda, continua e chegarás à praça real que tem uma igreja , o palácio real, os jardins do palácio, o museu de belas artes e o museu de instrumentos musicais (Casa arte nova linda). mais à frente do lado esquerdo encontras o museu de banda desenhada..mas é todo em Francês

    Tour3
    De metro segue até ao ATOMIUM, o antigo centro de exposições. Tens ainda por lá 30 salas de cinema e o mini Europe, com bué miniaturas de monumentos de todo o mundo. Tipo um portugal dos pequeninos em Coimbra.

    Tour3
    Para uma experiência muito fixe, sai no metro de port namur e perde-te nas ruas do matongué, o bairro Africano! Muitas pechinchas, a igreja de st. boniface com uma praça com restaurantes bons e um ambiente espectacular…parece que estás noutro país!

    Tour4
    Diz qualquer coisa e ainda tomamos um copo por aí.

    Abraço,
    LM

  5. Filipe /

    LM recomendas que ande a pé? Tambem gostava de conhecer o parlamento. Ahas que vale a pena? E restaurantes?

  6. picos / Post Author

    A pé sempre:) De metro se por acaso estiver um griso do caneco!
    Podes ir ao parlamento e a Schumman ao pé da Comissão Europeia, parque do Cinquantenaire, mas na verdade vais ver edifícos enormes mas…não passam de edifícios modernos, numa cidade que tem uma arquitectura muita mais fixe…
    Restaurantes:

    Moules: Chez leon
    Fondue: Maison Suisse
    Pitas: Rua dos gregos e turcos
    há dezenas de restaurantes…no centro mais carotes, mas à volta nem por isso.

Leave a Reply to João Cancle Reply