Budapeste

Foi em 2003 que passei 4 dias em Budapeste sozinho….não vi grande coisa da cidade até porque passei os dias numa pequena ilha no meio do danúbio por ocasião do festival de música “Sziget Festival”;)

Aterrar em Budapeste 3 anos depois em circunstâncias tão diferentes foi por si só já uma emoção…

A casa da Raquel fica do lado de peste bem ao lado da ponte verde e do Danúbio que continua castanho escuro, mas sempre lindo…tal como o recordava… É um edifício bem antigo e com uma entrada a fazer lembrar os piores filmes de terror! O pé direito desta entrada deve ter cerca de uns 6 metros com as janelas fechadas a cimento e um claro aspecto a pós-ocupação soviética. Impressionante… Claro que o apartamento em si nada tem a ver com o aspecto exterior e da entrada do edifício…Lá dentro as condições são fantásticas:)

Passámos o dia seguinte inteiro a passear… Subi à citadela, visitei o parlamento, a catedral e visitamos para mim um dos melhores e mais impressionante museus onde já entrei. O museu Casa do Terror (Ocupação Nazi e Soviética) é uma antiga casa usada pelo partido Nazi Húngaro e posteriormente pelos Soviéticos, usada como prisão, casa de comunicações, de tortura..e de tudo o que possam imaginar de terrorífico.  O museu é todo multimédia com bastantes vídeos, fotografias, itens da revolução húngara, da ocupação Nazi, etc.. Foi de arrepiar e fiquei mesmo com vontade de conhecer mais a história deste país que levou porrada anos e anos a fio…

collage2.jpg

Seguimos para a praça dos heróis e deparámo-nos com a maior pista de gelo da Europa…acreditem..eram centenas de pessoas num lago especialmente congelado para o propósito! Os meus joelhos estavam mortos e não deu para experimentar, mas em contrapartida resolvemos ir para os tão famosos banhos Húngaros…

BRUTAL!!! Piscinas ao ar livre com 36, 38 graus… Sauna a 100º e depois piscina a 16º… piscinas termais, banhos turcos…Enfim, foram 2 horas e meia dentro e fora de água que souberam pela vida!! Apesar de já cansados do dia ainda resolvemos ir conhecer o bar preferido da Raquel e dos seus amigos Erasmus… Rapidamente também se tornou no meu preferido;) Um antigo edifício todo de pedra por dentro com um ambiente espectacular…música 5 estrelas e muito bom feeling!

Foi uma visita rápida a Budapeste…mas dia 7 de Dezembro estarei de volta…Há muita coisa por ver:)

LM

Share Button

There are 8 comments left Go To Comment

  1. susaninha /

    Dia 7 de Dezembro devias era estar de volta para nós…para ires ao nosso Lisboa Eterna!
    Mau 🙁

  2. Nocas /

    Mas ouve lá, oh Luís! Quando é que eu conheço essa miuda gira que volta não volta aparece no teu blog!

    bjokas aos dois

    Nocas

  3. Luís /

    Eu diria que lá para Janeiro;)***

  4. Andre /

    Good life!!!

  5. Raquel /

    Eu também digo que por ai..e faremos mais um festão!

  6. Nocas /

    FESTAAAAA YEAHHHHH

  7. Sercoariegi /

Leave a Reply to Andre Cancle Reply