• Dia 2 – Werchter – Resumo

    Perdoem-me o atraso, mas digamos que estou um pouco CANSADO!!!!ehehehe

    YouTube Preview Image

    Bloc Party – Uma das coisas que eu mais queria neste dia era ver Bloc party, mas o raio da hora de início não era o melhor para quem vinha de Charleroi e supostamente saía só às 17h… Felizmente os astros estavam do meu lado e eram 16:35 quando o meu coordenador se virou para mim e disse:
    – Não era suposto ires a um concerto ??

    Brutal!!!! Não se passaram 10 minutos e já estava eu a conduzir em direcção a Lauvain!!
    Cheguei na terceira música, furei e furei e furei até achar que veria bem o suficiente e depois foi só aproveitar!!
    As músicas são 5 estrelas e o estilo dos elementos da banda impecável. Foi um muito bom concerto, mas a chuva e o facto de terem tocado pouco tempo prejudicou um bocado… Irei vê-los em Antuérpia em Novembro, mas agora em nome próprio!

    Queens of the Stone Age – Não vi tudo porque a banda não me interessava (preferi o esparguete á bolonhesa na relvinha), mas do que vi parece ter sido intenso! São crus e o nome assenta que nem uma luva dado a brutalidade com que arranham e batem na guitarra e bateria. De facto a música parece vir de uma qualquer “idade da pedra” nua e crua! É verdade…o gajo estava pedrado!Lol!

    Arctic Monkeys – São 4 putos com acne e um som meio pop rock. Estava curioso para saber como é que apesar dos milhares de discos vendidos em todo mundo se comportariam num palco deste género e sinceramente não se portaram nada mal! Há sem dúvida lacunas a nível de presença e à vontade, mas o público teenager não se pareceu importar. Saliento a voz que sem dúvida vai dar muito que falar no futuro. O puto dá-lhe!

    Pearl Jam – Os GRANDES vencedores do dia!! Surgiram já de noite e Eddie Vedder apesar de bêbado estava imparável! Foi um disparatar de grandes músicas, grunge puro com refrões potentes e nós não parámos de saltar um minuto… Pena os Belgas que ou não conheciam Pearl Jam (será possível?) ou simplesmente não estavam para ai virados… Eddie continuou em alta até ao fim e ouvimos Alive, Dissident, Once, Why go home…foi incrível e esgotante!

    collage46.jpg

    Lembro-me de gritar aos ouvidos dos Belguitas: “Hello!!!It’s a #$%%$$$ concert!!You’re suppose to move!!!!

    E estávamos só a meio do festival… 😉

    Share Button